Preço de mudança

Preço de mudança: Quanto custa mudar para a casa nova?

Saber o preço de mudança, ou, pelo menos, obter uma estimativa desse, é imprescindível para se organizar financeiramente e não passar nenhum aperto. Afinal, a última coisa que você vai querer nessa nova fase da vida é a aquisição de novas dívidas, não é verdade?

Nesse sentido, uma boa forma de fazer esse cálculo é listando todos os gastos que você terá nesse processo. Para isso, tire um tempo livre para pensar em todas as etapas da mudança e em quais delas será necessário realizar algum investimento. É importante detalhar tudo para não correr o risco de fazer orçamentos distantes da realidade. 

Pensando em te ajudar com a sua listinha, separamos alguns prováveis gastos que você terá. Assim, você não deixa passar nada em branco. Por isso, confira este conteúdo!

Preço de mudança: Gastos com deslocamento e hospedagem

Esse primeiro gasto apenas será necessário quando a sua mudança for para alguma cidade muito longe da atual. Nesse caso, para encontrar um lugar ideal para morar, é preciso muitas visitas, conversas e buscas. Ou seja, é preciso passar muitos dias na região. 

Obviamente, se você mora muito longe, não há como ir e voltar todos os dias. Assim, com certeza será necessário gastar com o deslocamento e com a hospedagem, como um hotel ou Airbnb, para explorar à fundo a cidade e os bairros. Por isso, se essa for a sua situação, reserve uma boa quantia para essa etapa pré-mudança. 

Confira nosso artigo sobre boas regiões para se morar em alguma das principais cidades do Brasil:

Além disso, saiba se realmente vale a pena mudar para outra cidade clicando aqui.

Gastos com a compra ou com o aluguel do imóvel

Escolhido o imóvel, é hora de alugá-lo ou comprá-lo. Esse é um gasto, obviamente, que também entra no preço de mudança.

No caso dos imóveis comprados, além dos gastos com a aquisição desse, que pode ser à vista ou financiado, você deverá reservar uma boa quantia para a realização de pequenas obras, ajustes e remodelações. Isso porque sempre existe alguma coisa que queremos mudar para deixar ainda mais a nosso agrado. Por isso, faça uma reserva. 

Já no caso dos imóveis alugados, você, provavelmente, deverá pagar taxas e/ou alguns aluguéis antecipados. Essas são formas de garantia que as imobiliárias geralmente pedem. Por isso não deixe de separar uma quantia financeira para essa situação. 

Preço de mudança
Planejar os gastos antes é fundamental na hora de se mudar |
Foto: Pexels

Preço de mudança: Gastos na devolução do atual imóvel

Se o seu imóvel atual for alugado, então você deve ter ciência de que precisará entregá-lo da mesma forma que o alugou. Geralmente, além de pequenos reparos que devem ser realizados quando alguma coisa não está exatamente como antes, também existe a necessidade de pintá-lo para que seja devolvido em perfeito estado.

Nesse sentido, se esse for o seu caso, separe um dinheiro para arcar com essas pequenas reformas antes da devolução.

Gastos com o transporte da mudança

Uma das partes mais importantes da mudança é o transporte dos pertences.  Nesse sentido, você tem a opção de realizar a mudança de forma independente ou contratar uma empresa especializada. 

Na primeira situação, você terá gastos com a contratação de um veículo tipo baú e de ajudantes, além da compra de materiais para embalagens de qualidade. Além disso, por não se tratar de uma empresa especializada, existe o risco de danos aos itens tranportados e o pior de tudo é que não existirá um seguro para te auxiliar se algo chegue a acontecer.

Na segunda, você simplesmente pagará uma empresa que se encarregará de todas as etapas: desde a embalagem dos seus itens até a entrega na nova casa. Ademais, empresas como o Doutor Frete, além de facilitar as condições de pagamento, oferecem seguros para todos os itens transportados. 

Por isso, vale ressaltar que essa última opção é sempre a melhor. Isso porque, além de ser mais viável financeiramente, já que você terá apenas um único gasto, ela não gera nenhum tipo de estresse e nem consome o seu tempo, que pode ser utilizado para resolver outras questões da mudança. 

Preço de mudança: gastos após a mudança

Por fim, saiba que também não pode faltar na sua lista de preço de mudança os gastos que você terá assim que se mudar. Nesse sentido, você precisará adquirir alguns móveis, contratar internet e TV a cabo, comprar comidas prontas nos primeiros dias devido à falta de tempo ou de estrutura para cozinhar, entre outros.

Por isso coloque na ponta do lápis todos esses gastos e faça uma reserva financeira para os seus primeiros dias na casa nova!

Veja nosso conteúdo completo com dicas importantes sobre como contratar uma empresa de mudança.

Pronto para se mudar?

Viu como é fácil encontrar o preço de mudança? Basta ter paciência para colocar tudo na sua lista e, então, fazer o melhor planejamento. 

Lembre-se que, depois de terminá-la, é hora de começar a fazer os orçamentos reais. No caso do orçamento referente à contratação da empresa de mudança, você já pode fazê-lo aqui. É muito fácil e rápido!

Solicitar orçamento mudança residencial

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Faça parte da comunidade Doutor Frete e receba dicas sobre mudança, embalagens e decoração para sua casa.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.