Preparando o medo de se mudar | Doutor Frete

Medo de se mudar: preparando psicologicamente para uma mudança

O medo de se mudar é uma questão que aflige muitas pessoas. Isso porque os impactos que esse processo pode trazer são inúmeros, que vão desde a alteração do espaço físico e da rotina até o distanciamento de familiares e amigos.

Por isso, embora as tomadas de decisões em uma mudança não sejam fáceis, é preciso se preparar e se programar para esse momento tão importante de modo a evitar problemas de ordem emocional e psicológica.

Pensando nessa questão, preparamos este conteúdo que conta com algumas sugestões para que essa fase possa ser menos conflituosa, com menos receios e mais assertiva. Dessa forma, você poderá passar por ela de forma mais tranquila, confiante e serena. Confira!

Leia também: Como contratar uma empresa de mudança

Conheça bem a sua futura realidade

É claro que você só conhecerá bem a sua nova realidade quando estiver vivenciando-a. Porém o máximo que você puder prevê-la, será melhor para a sua adaptação.

Por isso visite várias vezes o novo imóvel antes de se mudar, passeie pelo bairro e redondezas e se apresente para os vizinhos para que você possa conhecer bem a comunidade. Essa é uma forma de começar a criar uma afinidade e familiaridade com a futura realidade.

Crie uma lista de locais essenciais na região

Antes de se mudar, faça uma lista de locais essenciais que existem na região em que você irá morar com os seus respectivos telefones, como: farmácias, hospitais, escolas, restaurantes, supermercados, entre outros comércios.
Como nas primeiras semanas você não terá total conhecimento sobre a região, essa é uma forma de você se precaver e de se sentir mais seguro quando houver a necessidade de contratar algum desses serviços.

Medo de se mudar Doutor Frete
Medo de se mudar | Foto: Kindel Media

Medo de se mudar: Converse com o seu/sua companheiro(a)

Se a mudança for em casal ou em família, então será preciso conversar bastante com o seu/sua companheiro(a). Isso porque os diálogos são fundamentais para afinar vários detalhes, como, por exemplo, o estilo da casa e o orçamento disponível para a compra de novos móveis e acabamentos.

Dessa forma, vocês ajustarão as expectativas e controlarão as frustrações, além, é claro, de evitar futuros desentendimentos por terem possíveis espaços ou objetos no novo imóvel que não agrade o outro.

Possuem animais de estimação? Não deixe de ler nosso conteúdo sobre como preparar seu companheiro animal para uma mudança.

Reserve um tempo para a mudança

Já falamos várias vezes aqui no blog Doutor Frete sobre o tempo que a mudança consome na vida de quem passa por esse processo. Desde a separação e embalagem dos itens até o seu transporte e, consequentemente, a arrumação da nova casa são muitas horas e dias despendidos.

Por isso é preciso que você separe alguns dias para realizar a mudança. Se puder pegar férias do serviço, é ainda melhor. Afinal, conciliar essa fase com outras atividades, como reuniões de trabalho, pode ser bem estressante e incômodo.

Contrate uma boa empresa de mudança

A contratação assertiva de uma empresa de mudança pode ser crucial para que você passe por esse momento de forma tranquila. Isso porque se compromissada e idônea, ela poderá aliviar a sua jornada em muitos aspectos, pois será a responsável por muitos trâmites.

Por isso busque indicações e recomendações sobre as empresas de mudança na sua região. Quanto mais informações você obtiver, melhor! Clique aqui para ver todas as avaliações do Doutor Frete no Google.

E, se possível, opte por contratar uma empresa que conte com seguro de todos os seus itens. Essa é uma garantia que você terá de que todos eles chegarão em perfeito estado na sua casa. Ou seja, menos uma preocupação.

Medo de se mudar: Procure um psicólogo diante do extremo medo de se mudar

Se você considerar que o medo de se mudar se transformou em grandes crises de ansiedade e nervosismo, então é hora de procurar um profissional para conversar sobre isso.

É claro que é natural um pouco de medo de se mudar, de receio, dúvida e insegurança, mas se esses passarem do limite, a ajuda de um psicólogo será essencial para que você possa retomar à sua saúde mental e à sua rotina.

Por isso, saiba que todas as sugestões que demos até aqui são muito válidas e se tratam de boas práticas em casos comuns. Mas não substituem, em hipótese alguma, um acompanhamento de um profissional da saúde em casos mais graves.

E nunca se esqueça: se precisar de ajuda para realizar uma mudança tranquila e responsável, conte conosco!

Solicitar orçamento mudança residencial

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Faça parte da comunidade Doutor Frete e receba dicas sobre mudança, embalagens e decoração para sua casa.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.